Blog

Passos essenciais para organizar as finanças da sua empresa.

13 de fevereiro

Lidar com negócios e finanças, nem sempre é tarefa fácil. Mas trouxemos algumas dicas importantes que farão muita diferença em seu empreendimento. Confira!

A disciplina no meio empresarial:

Disciplina, é o cumprimento de responsabilidades que um indivíduo tem em relação a algo que demanda atenção. Para obtê-la, basta praticar, e, quanto antes você perceber este fato, melhor será para o processo de organização de seus negócios e cuidados com suas finanças.

Além de gerar comprometimento com questões que envolvam patrimônio financeiro, a disciplina regra quem a segue, surgindo a partir dessa relação um ponto de grande importância no meio empresarial, isto é, a separação correta entre o dinheiro de pessoa física e pessoa jurídica. Trouxemos essa informação, pois, em muitos casos, por mais tentador que seja utilizar recursos financeiros de polos diferentes, a fim de cobrir possíveis prejuízos, essa prática pode resultar em uma grave crise financeira, logo, é preciso tomar muito cuidado ao dirigir um empreendimento.

Conceitos que envolvem a disciplina, são ideais para aplicar a qualquer tipo de organização, seja ela pública, privada, pequena, média ou de grande porte.

Planejamento como medida preventiva:

Se olharmos para qualquer empresa, instituição, e inclusive, para o nosso dia a dia, é possível observar o efeito e resultado que gera uma atividade executada com devido planejamento. Este é o próximo passo essencial para um empreendedor ter sucesso.

O planejamento bem estruturado, ditará o seu rendimento de curto, médio e longo prazo, tendo em vista que, ele será como um mapa de rotas, que estabelecerá etapas a serem executadas e recursos necessário para atingir cada objetivo proposto. Estabelecendo assim, ordens de prioridade para entrar em ação em cada projeto.

O conceito de um ativo, à luz da contabilidade básica, resume-se aos bens e direitos pertencentes a uma organização, possuindo valores econômicos, este, podendo ser convertido em ganhos financeiros para a empresa, afinal, é a parte positiva do patrimônio.

Já os passivos, são as obrigações devidas, as contas a serem pagas. Um exemplo clássico e de fácil entendimento é o automóvel, além de ser um bem desejado por muitos, é um gerador de gastos inacabáveis com gasolina, IPVA, seguro e consertos em geral.

Portanto, nosso conselho para o capital ativo é investir dinheiro em aplicações e ações de empresas que valorizam e lhe rendam dividendos periodicamente e que cresçam mensalmente por ação dos juros compostos. Outra maneira que gera muito capital ativo, ou seja, fazer com que o dinheiro trabalhe para você, são aluguéis recebidos de imóveis alugados de sua propriedade.

Utilize um software de gestão de finanças

Embora muitos empreendedores iniciem a gestão financeira das suas empresas utilizando planilhas eletrônicas, certamente, ao longo do tempo, essa alternativa será insuficiente para a gestão global como a única e exclusiva ferramenta fornecedora de informações para a tomada de decisão. Vale ressaltar que, além de proporcionar organização, um software de gestão financeira possibilitará identificar os gastos desnecessários.

Nesse contexto, para organizar as finanças da sua empresa é de grande importância a implantação e utilização de um software específico para gestão financeira, pois, isso permitirá acompanhar em tempo real a evolução financeira e patrimonial do seu negócio, bem como promoverá um ambiente ágil para a tomada de decisão e melhor uso dos recursos financeiros.

Escolha do regime tributário adequado

A escolha adequada do regime tributário para a sua empresa, é a receita para o sucesso, pois, com a adesão correta proporcionará menor incidência de tributos que, como consequência positiva, gerará economia financeira.

Nesse cenário, somente um contador é capaz de orientar os gestores na adoção do melhor regime tributário, pois analisa o ramo de atuação da empresa, o seu capital, a receita estimada e outros elementos que estão diretamente ligados aos fatores de recolhimento dos impostos.

Assessoria contábil

Embora não pareça, muitas empresas encerram suas operações por falta de planejamento. Essa é uma realidade identificada com as abordagens de uma auditoria contábil — uma atividade que somente os profissionais de contabilidade podem e sabem conduzir.

Assim, é possível identificar inconformidades legais relacionadas à legislação fiscal, trabalhista e previdenciária, que resultará em evitar sanções e penalizações por parte dos órgãos fiscalizadores.

Além disso, a auditoria contábil proporciona um ambiente de análise e gestão efetiva do patrimônio da empresa que, em consequência, propõe medidas que buscam aumentar o volume do seu capital, bem como estabelecendo estratégias para conquista e abertura de novos mercados.

Com todas essas dicas, agora você já consegue se planejar e usar a disciplina a seu favor e fazer com que seu negócio tenha muito sucesso! Investir é necessário, e com bons investimentos os resultados positivos logo chegarão, acredite!

Voltar

Quer um orçamento? Possui alguma Dúvida?

Fale conosco!
Faça um orçamento